Cachorro Grande
quarta-feira, julho 29, 2009, 12:33
Filed under: Música, Uncategorized | Tags: , , ,

Dessa vez desembarco em território nacional (e gaúcho) pra falar de mais uma das minhas paixões musicais: Cachorro Grande.

Cachorro Grande é uma banda de rock gaúcha com inspiração nos Beatles e na psicodelia dos anos 70, é formada por Beto Bruno ♥ (vocalista), Marcelo Gross ♥ (guitarrista), Rodolfo Krieger (baixista),  Pedro Pelotas (tecladista e pianista) e Gabriel Azambuja (baterista).

Cachorro Grande

A banda já tem 10 anos de estrada e no entanto, nunca parou. Os próprios integrantes afirmam que não gostam do tal sucesso instantâneo e que ao mesmo tempo que eles percorrem pequenos bares e grandes festivais, muitas outras bandas que fizeram megasucesso em determinada época, desapareceram tão rápido quão ganharam fama.

Cachorro Grande - Blue

Adoro as músicas da Cachorro Grande, porque as letras sempre me fazem refletir e encontrar algum sentido particular. A melodia segue um estilo rockinho inglês e tem músicas super boas pra pular e outras super boas pra chorar, sendo lembrando de algum momento legal que se foi, ou de algum namorado que te lembrou certa música.

O novo álbum tá sendo lançado agora e se intitula ‘Cinema’. Aqui vai uma das faixas do disco:

Eu tô mega feliz porque provavelmente dia 15/08 eu vou num show deles em Joaçaba. *-*



Vibe poética
domingo, junho 21, 2009, 17:02
Filed under: Uncategorized | Tags: , , ,

Na minha cidade todo ano é promovido um concurso de poesias entre as escolas. Eu, como uma apreciadora voraz de textos poéticos, sempre participo e já ganhei alguns segundos lugares na vida. E também sempre me disponho a declamar as poesias vencedoras.

Esse ano eu escrevi minhas poesias numa vibe rock, já que o meu namoro está fluindo ao som de Pink Floyd, The Beatles e companhia ilimitada. Vou postar uma das poesias que eu fiz pro meu amorzinho.

Seja ao som de rock ou ao som da chuva

São memórias daquelas longas noites
Teu corpo lá e o meu cá
E as mentes em total sintonia
Uma cultura comum entre os povos
Circundava nosso ambiente
Nem a espaçosa distância
Foi capaz de apagar o fogo incandescente
A espera foi demorada
Mas ao mesmo tempo emocionante
As belas palavras e figuras trocadas
Apaixonaram-me por ti
A poesia que saía dos meus lábios toda noite
Tinha certo destino
Conquistar seu difícil órgão
O rock lá de suas nascentes
Embalou nosso princípio
Foi um brilhante artifício
Encontrado pra driblar a vontade
Pra esticar o prazo de validade
Da relação louca e empolgante
Ao som da chuva nos visitamos
Deixamos nossos lábios se cumprimentarem
Um ao outro

A felicidade retornou de viagem
Localizou-nos nas alturas
Nem a perfeição pode dizer
O que eu senti quando tocada por você
Porque os românticos estão certos
E Lennon já dizia
Tudo o que você precisa é de amor
Não importa a novidade
Que chegue pra torná-lo pior ou melhor
Ou apenas diferente
O amor que já sinto por ti
Permanecerá além do sempre
Com carinho e sem exagero
Corro na chuva contigo
Te encaro olho a olho e te digo
Parei de olhar só pro meu umbigo
Agora olho pro seu
Aprendi a ser mulher do teu lado
Ensinei meu coração a te amar
E a minha mão a escrever
Que de todas as drogas do mundo
Das quais experimentar já tive o prazer
A única que me viciou foi você
Seja correndo no rock ou cantando chuva
Vou estar sempre seguindo teu rumo
De mão dadas com o teu futuro
Relembrando nosso amado passado
E aproveitando o meu presente
Que é você, meu ursinho quente!

Minha relação com poesia vem de longa data, eu já fui até pra livro da CCL (Câmara Catarinense do Livro) e penso que a poesia é uma forma calma pra gente gritar tudo que está sentindo ao mundo.